Volte ao SPIN

domingo, 3 de novembro de 2013

O Homem-Ilha

Engraçado, eu estava agora mesmo na página anterior, a de número 13, quando fiquei sem saber se postava isso lá ou se deveria prosseguir para em direção a página seguinte, que é esta página e, chegando aqui, vejo que a última postagem de dias atrás foi sobre o narcismo, que tem a ver com esse assunto:

Eu que gosto de puxar assunto com as pessoas pq sou de cidade do interior e nunca perdi esse costume, para mim não tem sido nada fácil, há tempos que venho observando isso e, como mostra o vídeo, estou pensando em filmar tudo, todo esse autismos dos nossos dias, fico me perguntando como serão as pessoas daqui uns dias, uma vez que isso influirá nas redes neurais da espécie humana e vai ser mais ou menos assim: Estou aqui mas não estou pq não vejo o meu derredor. Talvez muitos de vcs ainda não se tenha dado conta mas, pelo menos aonde moro, em Goiânia, tenho visto isso: Pessoas conversando a "sós" com através do fone de ouvido, algumas cantam e outras até dançam. Enquanto que o seu derredor é totalmente ignorado. Tenho até tido revelações de sonho sobre isso em que aparece o Homem-Ilha que, também, pode ser eu. O eu que não vê o pássaro pedindo socorro. Que não vê o uso de pesticidas na plantação de soja. Que não percebe a plantação fechada para os bichos enquanto não há mata. Enquanto não a mata.




Este assunto começou aqui, onde vc poderá ler mais sobre o tema
 http://jornalggn.com.br/noticia/o-eterno-eu-comigo-das-novas-tecnologias

Nenhum comentário: